Cron - Centro Regional de Oncologia

Março Azul

março azul

Estamos no mês que reforça o alerta para a importância da conscientização e prevenção ao câncer colorretal (cólon e reto).

Você sabia que nos próximos 20 anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1,9 milhão de novos casos deste tumor serão diagnosticados no planeta? No Brasil, a doença atinge mais de 40 mil pessoas por ano.
Por isso, a importância da campanha Março Azul, que chama atenção para a necessidade de associar hábitos de vida saudáveis, como dietas ricas fibras, encontradas em frutas, verduras e legumes, a uma rotina de consultas e exames periódicos. Quando o diagnóstico é precoce, conforme o especialista e membro da Sociedade Brasileira de Proctologia, Gustavo Born, de Lajeado, as chances de sucesso no tratamento podem chegar a 90%.
O ideal é que a investigação inicie a partir dos 45 anos. “Além da idade, é indicado para pessoas com sintomas e que tenham casos de câncer colorretal ou doença inflamatória no intestino na família.”
A colonoscopia é o principal exame para o rastreamento de pólipos, lesões benignas que podem crescer na parede interna do intestino grosso. São esses pólipos que podem se transformar em câncer. O exame é realizado com anestesia geral leve e dura entre 20 e 30 minutos, e o ideal é repeti-lo a cada cinco anos.

Quais os principais sintomas?

– Sangue nas fezes;
– Dor e cólica abdominal frequente com mais de 30 dias de duração;
– Alteração no ritmo intestinal (diarreia ou constipação);
– Emagrecimento rápido, sem uma causa conhecida;
– Anemia, cansaço e fraqueza.

Leia também:

ENDEREÇO

Av. Piraí, 300 sala 107
Edificio 300
São Cristóvão | Lajeado

Fone

+55 51 3720.5018

E-mail

contato@cron.med.br

CONTATO

© 2022 CRON - CENTRO REGIONAL DE ONCOLOGIA